Open/Close Menu O nosso alvo é voltar ao " primeiro amor " ganhando almas para Cristo, obedecendo assim a grande comissão, deixada por Jesus em Mateus 28:19-20

“Irmãos, falo como homem. Ainda que uma aliança seja meramente humana, uma vez ratificada, ninguém a revoga, ou lhe acrescenta alguma coisa.” ( Gl 3:15)

Se entre os homens, uma vez firmada uma aliança (pacto, acordo, contrato), ninguém pode invalidar ou anular, quanto mais a Aliança que que o próprio Deus estabeleceu conosco através do Seu Filho, Jesus Cristo!

As alianças normalmente são incondicionais no sentido em que Deus se obriga em graça a realizar certos propósitos anunciados, independentemente do fracasso do homem. A reação humana aos termos da aliança é muito importante podendo levá-los à benção pela obediência, ou à disciplina pela desobediência, mas o fracasso humano jamais revogou alguma aliança ou impediu o seu cumprimento final.

O Deus Criador dos céus e de toda a terra, estabeleceu com os homens oito  alianças principais, revelando Seus propósitos:  1- Aliança Edênica; 2- Aliança Adâmica; 3- Aliança Noética; 4- Aliança Abraâmíca; 5- Aliança Mosaica; 6- Aliança Palestiniana; 7- Aliança Davídica; 8- Nova e Eterna Aliança através Seu Filho Jesus Cristo.

Através da história podemos entender claramente o propósito divino: com Adão, Deus escolheu um homem, com Noé, Deus escolheu uma família, com Abraão, Deus escolheu um povo, uma nação, com Moisés, Deus escolheu uma terra, com Davi, Deus escolheu um “Trono” e com Seu Filho, Deus estabeleceu um “Rei”!

Assista ao vídeo completo desta mensagem clicando aqui!

Av Henry Ford, 1380, São Paulo | 11 3275-1006 © 2022 Igreja Porta da Paz | Todos os direitos reservados