Open/Close Menu O nosso alvo é voltar ao " primeiro amor " ganhando almas para Cristo, obedecendo assim a grande comissão, deixada por Jesus em Mateus 28:19-20

 

“Havia um fariseu chamado Nicodemos, uma autoridade entre os judeus. Ele veio a Jesus, à noite, e disse: “Mestre, … Em resposta, Jesus declarou: “Digo a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo”.” ( Jo 3: 1-3 )

As questões do reino não são questões de posição e nem de prestígio, de conhecimento ou uma moral elevada; nas questões espirituais, assim como Nicodemos, somos impotentes. Não podemos entrar para o reino de Deus, nem tampouco obedecer, nem entender, e nem agradar a Deus: Temos que nascer de novo.

Nicodemos era um homem de autoridade entre judeus, conhecido como mestre, pertencia ao Farisaísmo, um movimento que estudava a lei; apegados à letra, anunciavam e ensinavam suas interpretações e considerações pessoais, pois eram muito respeitados.

Jesus responde atingindo o alvo, dizendo: “Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo”.

“Perguntou Nicodemos: “Como alguém pode nascer, sendo velho? É claro que não pode entrar pela segunda vez no ventre de sua mãe e renascer!” Respondeu Jesus: “Digo a verdade: Ninguém pode entrar no Reino de Deus se não nascer da água e do Espírito. O que nasce da carne é carne, mas o que nasce do Espírito é espírito. Não se surpreenda pelo fato de eu ter dito: É necessário que vocês nasçam de novo. O vento sopra onde quer. Você o escuta, mas não pode dizer de onde vem nem para onde vai. Assim acontece com todos os nascidos do Espírito”.  ( Jo 3: 4-8 )

O Novo Nascimento não é uma “reforma” da velha natureza, é um ato criativo do Espírito Santo; a condição para o novo nascimento é a fé no Cristo crucificado, que nos torna participantes da natureza divina, ou seja, da vida do próprio Cristo, como família de Deus.

Perguntou Nicodemos: “Como pode ser isso?” Disse Jesus: “Você é mestre em Israel e não entende essas coisas? ( Jo 3: 9-10 )

Asseguro que nós falamos do que conhecemos e testemunhamos do que vimos, mas mesmo assim vocês não aceitam o nosso testemunho. Eu falei de coisas terrenas e vocês não creram; como crerão se falar de coisas celestiais? Ninguém jamais subiu ao céu, a não ser aquele que veio do céu: o Filho do homem. ( Jo 3:11-13 )

Viram as curas, os milagres, ressurreição de mortos, libertação de pessoas possessas por espíritos malignos, etc.

“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele… Este é o julgamento: a luz veio ao mundo, mas os homens amaram as trevas, e não a luz, porque as suas obras eram más.” ( Jo 3:16-19 )

A mente está cauterizada pela religião (só Nicodemos ? tem certeza?). Em nossos dias, a apostasia tem gerado contendas e conflitos quanto ao simples fato de permanecermos firmes na fé.

Surgiu uma discussão entre alguns discípulos de João e um certo judeu a respeito da purificação cerimonial… “A isso João respondeu: “Uma pessoa só pode receber o que lhe é dado dos céus.”Vocês mesmos são testemunhas de que eu disse: Eu não sou o Cristo, mas sou aquele que foi enviado adiante dele. A noiva pertence ao noivo. O amigo que presta serviço ao noivo e que o atende e o ouve enche-se de alegria quando ouve a voz do noivo. Esta é a minha alegria, que agora se completa. É necessário que ele cresça e que eu diminua. ( Jo 3:25-30 )


Assista ao vídeo dessa mensagem completa clicando aqui

Av Henry Ford, 1380, São Paulo | 11 3275-1006 © 2022 Igreja Porta da Paz | Todos os direitos reservados