Open/Close Menu O nosso alvo é voltar ao " primeiro amor " ganhando almas para Cristo, obedecendo assim a grande comissão, deixada por Jesus em Mateus 28:19-20

“O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos e proclamar o ano da graça do Senhor”.
( Lucas 4:18,19 )

O Espírito do Senhor estava sobre Jesus, para que se cumprisse a profecia descrita no livro de Isaías. Toda a autoridade foi dada a Ele, para que três pontos importantes fossem por Ele executados:

  • Anunciar as boas novas do evangelho
  • Libertar os cativos e oprimidos
  • Dar vista aos cegos

É claro que fisicamente Jesus também curou a muitos cegos, libertou cativos e alimentou pobres. Mas essa palavra se refere a algo mais profundo, refere-se a uma cegueira espiritual, a uma prisão exercida pelo reino das trevas na vida daqueles que não conhecem a Cristo, e a uma pobreza de espírito, que faz separação entre o homem e o Pai celestial.

Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”. (Mt 28:16-20)

Toda essa autoridade que Jesus recebeu diretamente do Pai, foi repartida com todos nós antes da sua ascensão aos céus, quando claramente deixou-nos esta ordem: vão e façam discípulos! (Mt 28:16-20)

Essa grande comissão que nos foi dada, foi uma palavra de ordem, dita no imperativo, e é a missão de todo verdadeiro cristão. Todos nós somos fruto desta palavra, pois alguém um dia cumpriu essa ordem em nossas vidas, pregando, orando, jejuando e exercendo essa autoridade deixada por Jesus para que fôssemos salvos.

Um verdadeiro cristão não é simplesmente aquele que frequenta uma religião ou uma instituição, mas sim aquele que se permite ser discipulado, ou seja, disciplinado. Ser disciplinado pela palavra dói, pois nos expõe diante de nossos próprios erros e defeitos de caráter.

Separamos apenas aquilo que queremos ou gostamos de ouvir, mas ser discipulado exige muito mais, ser discipulado é se submeter a disciplina em amor.

Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. ( Gálatas 5:22 )

Somente aquele que recebeu o fruto do Espírito é capaz de viver a plena alegria, amor e paz. Somente esses são capazes de se deixar discipular por Cristo em amor.

Nossa autoridade se baseia na morte e ressurreição de Jesus!


Assista ao vídeo dessa mensagem completa clicando aqui

Av Henry Ford, 1380, São Paulo | 11 3275-1006 © 2022 Igreja Porta da Paz | Todos os direitos reservados