Open/Close Menu O nosso alvo é voltar ao " primeiro amor " ganhando almas para Cristo, obedecendo assim a grande comissão, deixada por Jesus em Mateus 28:19-20

“…estes homens não estão bêbados, como vocês supõem. Ainda são nove horas da manhã! Ao contrário, isto é o que foi predito pelo profeta Joel: “ ‘Nos últimos dias, diz Deus, derramarei do meu Espírito sobre todos os povos. Os seus filhos e as suas filhas profetizarão, os jovens terão visões, os velhos terão sonhos. Sobre os meus servos e as minhas servas derramarei do meu Espírito naqueles dias, e eles profetizarão.” (At 2:15:18)

“Nos últimos dias”, ou seja, quando esta era chegar ao seu fim, “derramarei do meu Espírito sobre todos os povos”. Literalmente “sobre toda a carne”, toda raça humana.

Deus nos fala, através do profeta Joel, de manifestações sobrenaturais:  “Os seus filhos e as suas filhas profetizarão, os jovens terão visões, os velhos terão sonhos”.

Em Israel existem basicamente duas estações climáticas: verão e inverno. Verão é um clima muito seco, vai de abril a novembro aproximadamente, e  durante todo o período, não há chuva. No final da estação da seca de verão, vem a “chuva temporã” (primeiras chuvas). Essa forte chuva atinge todo o país e marca o começo do inverno.

Durante todos os meses de inverno a chuva continua caindo, mas com precipitações isoladas durante toda temporada, até o final inverno. Nesse último período, temos as chuvas serôdias (últimas chuvas). As chuvas serôdias são as mais abundantes de todas e cobrem toda a nação, anunciando o final do inverno.

Esse é o quadro que Deus faz com a Igreja: através do derramamento do Espírito Santo, que conforme a Profecia de Joel, nos dá uma ênfase particular na chuva Temporã.

O primeiro derramamento do Espírito Santo em Pentecostes (as primeiras chuvas), foi um derramar de caráter universal, atingindo todas as áreas, e assim o inverno teve seu início na história para Igreja.

O Espírito Santo jamais se retirou, sempre esteve ativo, em um lugar ou outro. E quando chegar o final da estação de inverno, seremos marcados pelas últimas chuvas (serôdia), o maior derramamento do Espírito, universal e final.

No início do século passado, as últimas chuvas começaram a cair sobre IGREJA com uma visitação de RESTAURAÇÃO e  poder Sobrenatural.

Precisamos entender que estamos no tempo das “ultimas chuvas”, e isso nos ajudará a compreender o que está por vir. Devemos esperar pois “logo o verão chegará” e a sua característica principal é a colheita!

Ora vem SENHOR JESUS! MARANATA !


Assista ao vídeo dessa mensagem completa clicando aqui

Av Henry Ford, 1380, São Paulo | 11 3275-1006 © 2022 Igreja Porta da Paz | Todos os direitos reservados